Midnight Juggernauts

Dando início ao “aquece” para o final de semana, resolvi compartilhar um achado. Um filme de ficção científica na forma de música. Foi isso que fez a Midnight Juggernauts em Agosto de 2007. Há quase 10 anos, a banda australiana de Melbourn lançou seu primeiro álbum de estúdio através do selo próprio Siberia Records. Ao longo de suas 13 faixas, Dystopia faz nossos ouvidos e mente viajarem no tempo e no espaço percorrendo temas como uma viagem por um sistema estelar e as diferentes percepções geradas a partir da mesma (Into the Galaxy), a destruição do universo como o conhecemos e o emergir de uma realidade desconhecida, e talvez esperançosa (Dystopia), assim como a possibilidade da existência de vida fora da Terra ou, pelo menos, uma vida diferente (Aurora). Todo esse conteúdo metafórico é abalado por uma mistura de sons difícil de definir. Na last.fm, o usuário tarcisofb chegou a dizer: “É como se os anos oitenta tivessem descoberto a psicodelia”. A verdade é que Andrew Szekeres, Vincent Vendetta e Daniel Stricker não tiveram medo de fazer uso de diferentes recursos. Além do “combo” baixo, bateria e teclado, eles abusam de samplers, pads e instrumentos acústicos – como bem explica a página da BBC dedicada ao trio. Sem dúvida, conhecer Dystopia e a Midnight Juggernauts foi uma descoberta mais do que feliz! Ainda não consegui parar para ouvir os outros álbuns da banda, mas já estou ansiosa. Segue uma “amostra” abaixo. 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s