Young British Artists

YBAs é a sigla para Young British Artists. O grupo foi formado no final da década de 1980 por artistas britânicos que se tornaram conhecidos pelo uso de materiais descartáveis, animais e outros elementos com a finalidade de estimular reflexões no público através do choque, as chamadas “shock tactics”. Sem dúvida, os trabalhos expostos tem a capacidade de sensibilizar e até de ferir quem os observa.

Um exemplos disso é “The Physical Impossibility of Death in the Mind of Someone Living”. A obra é de autoria de Damien Hirst, talvez o artista mais conhecido do grupo. Ela foi exibida primeiramente em 1992, na Saatchi Gallery em Londres. A produção consiste em um tubarão tigre já morto disposto em um aquário cheio de formol. Ainda que os trabalhos de Hirst sejam vastos em suas formas, nos anos seguintes, ele voltou a chamar a atenção por seus sucessivos animais mortos em tanques com conservante. Esse é o caso da ovelha em “Away from the Flock”, obra de 1994. A morte é um tema recorrente nos trabalhos de Damien Hirst. Em 2011, em entrevista ao The Telegraph, ele respondeu: – “Você pode assustar as pessoas com a morte ou uma ideia de sua própria mortalidade, ou ela pode realmente dar-lhes vigor”. Há, inclusive, quem tenha percebido em seus trabalhos questionamentos de valores católicos, como a autora do blog michelleanstar.com. Mas a polêmica não para por ai. Em 2012, o artista enfrentou duras criticas de ambientalistas por matar cerca de 9 mil borboletas na exibição “In and Out of Love” no Tate Modern em Londres. Criada originalmente em 1991, a obra traz, em uma sala, lagartas, plantas e telas pintadas com uma solução composta por cola e açúcar. Quando tais insetos se tornam borboletas, acabam morrendo ao se fixarem nas telas ou pelo contato brusco com o público. Muitos alegaram que ao invés de dias ou horas, as borboletas poderiam ter sobrevivido até 9 meses na natureza, uma vez que se tratavam de exemplares das especies Coruja e Helicônio.

 

 

Ainda, vale dizer que a posição dos integrantes do YBA com relação a publicidade é dúbia. Alguns são contrários, outros abusam. Contudo, parte do sucesso do grupo deve-se ao polêmico Charles Saatchi – cofundador das agências de propaganda Saatchi & Saatchi e M&C Saatchi, colecionador de arte, dono da Saatchi Gallery e ex-marido da jornalista Nigella Lawson. O entusiasta propôs-se a financiar obras desenvolvida por Hirst e Tracey Emin.

Charles Saatchi - Michael Frith

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s